Esporte Como Instrumento Social

Na maioria das cidades, e a nossa não está fora disso, a Secretaria de Esporte praticamente é uma Secretaria de Futebol.
Está certo que o Brasil é considerado "o país do futebol", mas isso não significa que essa secretaria deve focar a maioria de suas ações nesse esporte.
Nunca tive aptidão para o esporte, mas a transformação que ele pode trazer na vida de uma pessoa é fantástica. Quem não conhece a história do Jardel e do Wanderley Cordeiro? Atletas consagrados nacionalmente, nascidos em cidades de nossa região, Jandaia do Sul e Maringá, respectivamente.
Quando vejo a jogadora de vôlei Mari jogando pela seleção brasileira, me vem a cabeça o projeto de vôlei de nossa cidade. Como um projeto como esse poderia ser implantado nas regiões mais afastadas do centro de nossa cidade, atendendo meninas e menino de 11 a 15 anos. Seria um caminho novo a ser oferecido.
Creio que seria mais fácil investir na difusão de outros esportes que ocupam menos espaços físicos do que o futebol de campo.
Esporte não é só futebol. é vôlei, natação, judô, atletismo e por aí vai.
Que tal transformarmos nossa Rolândia num celeiro esportivo?

Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »