Faz sentido?

Faz sentido uma rua que morre sem dar continuidade a sua extensão, sem saída? O problema não atinge somente bairros mais antigos da cidade, mas em recentes loteamentos urbanos também se percebe a mesma situação: rua que não dão pra lugar nenhum!
Não existe nenhum plano viário que proíba isso?

Abaixo, cito como amostras disso os bairros Domingos Neves, Belo Horizonte e Jardim Tapajós
Quem tiver resposta, comente!



Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »
1 Comentario
avatar

Eu cresci na Rua Edgar Martins Rocha, Jardim Planalto... durante quase toda a minha infância a rua não tinha saída. Pensando como adulto, é realmente estranho na questão do planejamento, mas eu não poderia ter crescido num lugar melhor. Meus primos e eu brincávamos por horas na rua sem que carro algum nos incomodasse, até que fizeram fizeram a rua Santos e logo depois o Jardim Capricórnio, que alongou nossa rua... depois disso, já com a rua completinha, as crianças até podem brincar um pouco, mas têm que tomar cuidado com os carros que passam voando por lá.

Balas