Um Deputado para Rolândia

Véspera de mais uma eleição estadual ( faltam ainda 20 meses ) o mesmo tema que surge de quatro em quatro anos: "Rolândia precisa ter um Deputado Estadual".
Tá rolando na rádio local uma campanha para atingirmos 50 mil eleitores. Não sei qual é a lógica da ideia, mas creio, na verdade tenho quase certeza, que ela pode não vingar. Explico: Na eleição de 2010 Rolândia praticamente teve um único candidato a Deputado Estadual, o ex-vereador e atual vice-prefeito Danilson, que mesmo assim, não obteve 50% dos votos válidos da cidade, não conseguindo atingir uma grande votação fora daqui.
Mais do que atingir um contingente de 50 mil eleitores, se faz necessário ter um candidato carismático, que goze da simpatia de todos os seguimentos da comunidade. É preciso ainda que esse candidato ou candidata tenha um bom apoio em outras cidades e que esteja num partido político com baixa concorrência interna. Se esse candidato(a) sair pelo PMDB, PSDB, PP, PTB, PSB ou DEM, as chances dele será zero de vitória. Na última eleição por esses partidos, nenhum deputado se elegeu com menos de 38 mil votos. Ou seja, nosso candidato representante precisaria conquistar 80% do eleitorado local.

PT, PV, PPS e PSC

Os únicos partidos que conseguiram eleger representantes com votação abaixo de 38 mil votos em 2010 foram o PV, o PPS, e o PSC. O PT teve a infelicidade de se coligar na proporcional com o PMDB, PDT e o PR, o que inviabilizou a eleição de mais candidatos do partido e eleitos com menos votos. Necessário é a filiação em partido com maiores possibilidades. O PSC tem o fator Ratinho Junior, que dizem, disputará em 2014 uma cadeira na Assembleia Legislativa. Repetindo as grandes votações que já obteve anteriormente, poderá "carregar" consigo mais seis candidatos do partido.

Outra questão

Em 2012 ocorreu em todo Brasil um "fenômeno" que depois foi facilmente respondido.  O grande número de abstenções, 16% dos eleitorado. Explicação: boa parte dos eleitores que já faleceram e não tiveram seus títulos anulados. Rolândia tinha mais 44 mil eleitores aptos e menos de 34 mil compareceram para votar.
Portanto, se a intenção é alcançar um grande número de eleitores para eleger um deputado rolandense, é melhor projetar o alcance de 60 mil eleitores e não 50 mil.

Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »